Associação Brasileira de Enfermagem: as representações sociais dentro das pesquisas em enfermagem no contexto atual

Silvio Eder Dias da Silva, Arielle Lima dos Santos, Brenda Jamille Costa Dias, Igor Peniche Furtado, Ilana Sudária de Oliveira Ribeiro, Manuela Almeida Seidel, Joel Lobato da Costa

Resumo


Introdução: A Associação Brasileira de Enfermagem (ABEn) foi fundada em 12 de agosto de 1926, com o propósito de defender e consolidar a Educação em Enfermagem, a Enfermagem como prática social e a investigação científica. Objetivo: Expor um panorama geral acerca da história da ABEn e suas contribuições para a Enfermagem brasileira. Metodologia: Para a construção deste trabalho, foi realizada uma revisão de literaturas e artigos durante o mês de agosto de 2017, nas bases de dados: BDEnf e LILACS. Resultados: A partir dos cruzamentos dos dados realizados, foram encontrados os seguintes resultados disponíveis em bases de dados de 20 artigos completos, e escritos em língua Portuguesa, 19 artigos. Discussão: Pôde ser observado o desenvolvimento da instituição desde que foi fundada e suas mudanças no decorrer do tempo. Conclusão: A explanação da história da ABEn é de grande importância para que, assim, seja compreendido todo o processo histórico da representatividade dada ao segmento da enfermagem.

Palavras-chave


Psicologia Social; Enfermagem; Educação

Texto completo:

PDFA


DOI: http://dx.doi.org/10.12662/2317-3076jhbs.v6i3.1754.p342-346.2018

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Journal of Health & Biological Sciences

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.
Fale Conosco
Unichristus 2016. Todos os direitos reservados.