Análise dos principais fatores epidemiológicos relacionados ao suicídio em uma cidade no interior do Ceará, Brasil

Nadia Fortaleza Nascimento Chaves Pedrosa, Daniel Alencar Barreira, Davi Queiroz de Carvalho Rocha, Marcio Alencar Barreira

Resumo


Introdução: o município de Iguatu, localizado no interior do estado do Ceará no Nordeste brasileiro, é popularmente conhecido pelo alto número de pessoas que cometem suicídio. No entanto, até o presente momento, não existe um estudo que confirme essa crença popular e analise o perfil dos suicidas. Objetivo: este trabalho avaliou a incidência e o perfil dos suicidas, no município do Iguatu, para obtenção de dados que tornem possíveis ações de prevenção. Metodologia: trata-se de um estudo retrospectivo e transversal de natureza descritiva sobre óbitos por suicídio coletados sob autorização da coordenação de vigilância epidemiológica com dados fornecidos pela Secretaria de Saúde no Município do Iguatu entre os anos de 2006 a 2015. As variáveis analisadas foram sexo, idade, estado civil, raça, escolaridade, ocupação e causas de óbito por suicídio. Foi realizada análise dos dados e esses apresentados em tabelas e gráficos. Resultados: o número de causas externas de mortalidade foi de setecentos e vinte, sendo setenta e dois casos de morte por suicídio. As pessoas que cometeram suicídio eram principalmente homens (78%), de coloração parda (73,5%) e faixa etária predominante entre 20 a 29 anos de idade (27,8%) e estado civil solteiro (43%) ou casado (41,7%). Nenhum apresentava nível superior completo, e a maioria tinha como ocupação a produção agrícola (36,1%). As principais causas de morte foram por enforcamento (59,7%) e uso de pesticidas (23,6%). Conclusão: o perfil dos suicidas é composto por homens de cor parda, sem nível superior completo, produtores agrícolas, adultos jovens e solteiros. O Iguatu apresenta uma alta incidência de suicídio, e as pessoas se matam mais por enforcamento e autointoxicação por pesticidas.


Palavras-chave


Causas externas; Suicídio; Causas de morte

Texto completo:

PDFA


DOI: http://dx.doi.org/10.12662/2317-3076jhbs.v6i4.2068.p399-404.2018

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Journal of Health & Biological Sciences

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.
Fale Conosco
Unichristus 2016. Todos os direitos reservados.