Ação do laser infravermelho em suspensões de Streptococcus mutans

Smyrna Luiza Ximenes de Souza, Stéffani Vasconcelos Santos, Fernanda Freitas Sousa, Ana Larissa Ximenes Batista, Lais Aragão Lima, Ramille Araújo Lima

Resumo


Introdução: os benefícios do laser infravermelho no tratamento da mucosite oral e no controle da dor na disfunção da articulação temporomandibular são bem reconhecidos e já aplicados clinicamente. Porém, o efeito dessa terapia em bactérias da cavidade oral ainda é incerto. Objetivo: analisar o efeito do laser infravermelho Diodo de Arseneto de Gálio Alumínio (AsGaAl) (LIV) nos níveis de suspensões de Streptococcus mutans UA159. Método: o laser de baixa potência infravermelho e comprimento de onda predominante de 880nm (Therapy XT-ESTM, DMC Equipamentos) foi utilizado com potência de 100mW e diâmetro da ponteira 0,0280 cm². A suspensão bacteriana foi ativada em estufa bacteriológica a 37ºC e 5% CO2, durante um período de 18 horas, ajustada para a concentração de 1-2 x 108 unidades formadoras de colônia/mL (UFC/mL). As suspensões foram submetidas aos seguintes protocolos experimentais e controle: grupo 1) LIV 30s; grupo 2) LIV 60s; grupo 3) LIV 90s; grupo 4) NaCl 0,9%. Em seguida, uma alíquota foi retirada para a diluição seriada e semeadura das amostras. As placas permaneceram em estufa bacteriológica a 37ºC e 5% CO2 durante um período de 48 horas para posterior contagem das UFC/mL. O estudo foi conduzido em triplicata. Resultados: os resultados, a seguir, estão expressos em Log UFC/mL: grupo 1 (8,42±0,16); grupo 2 (8,41±0,03); grupo 3 (8,37±0,11); grupo 4 (8,37±0,16). Não foi observada diferença estatisticamente entre os grupos (p>0,05). Conclusão: o estudo mostrou que o laser infravermelho, nas condições experimentais usadas, não demonstrou ação na viabilidade de S. mutans presentes em suspensões in vitro.


Palavras-chave


Streptococcus mutans; Cárie dentária; Terapia a laser de baixa intensidade; Laser; Odontologia

Texto completo:

PDFA


DOI: http://dx.doi.org/10.12662/2317-3076jhbs.v7i2.2341.p192-196.2019

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Journal of Health & Biological Sciences

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.
Fale Conosco
Unichristus 2016. Todos os direitos reservados.